A modelo de 39 anos,Isabella Fiorentino, revela que sofreu de Anorexia Nervosa

 Resultado de imagem para Isabella Fiorentino Resultado de imagem para Isabella Fiorentino

    Que o mundo da moda é rondado pelo fantasma da magreza, não há dúvida. Mas é raro uma modelo abrir o jogo a respeito desse tema. A paulista Isabella Fiorentino se converteu em exceção ao admitir, na TV e na internet, ter sofrido de anorexia e buscado a ajuda de um psiquiatra. “Essa sou eu, uns 15 anos atrás, quando pesava 50 kg”, escreveu Isabella ao lado de uma foto em que aparece, magérrima, no Instagram.

“Era evidente que tinha algo errado comigo, já que eu me achava acima do peso e sempre queria emagrecer cada vez mais!”, continuou Isabella, no post. “A chamada anorexia é uma doença sorrateira e devemos combatê-la.”

(mais…)

Depoimento anônimo

 Oi , eu tenho 14 anos e sofro de anorexia nervosa , eu tenho 1,58 de altura e peso 49 kg , eu ja engordei bastante , cheguei aos 35 kg , eu me via gorda e feia e todos sempre falaram pra mim o quanto eu estava magra , isso nunca foi o suficiente , eu sempre quis emagrecer mais e mais , tomava todos os tipos de remedios para poder emagrecer , quando eu comia me sentia muito mal então eu vomitava , jogava fora a comida que trazia pro meu quarto , se eu comia , comia bem devagar , eu achava que comendo assim o meu estomago ficaria satisfeito. Cabia duas de mim em uma calça 36. Eu tenho muita sorte por ter uma namorada que sempre esteve ao meu lado , me ajudou quando eu mais precisei e se nao fosse ela , eu ainda estaria nessa. Hoje eu joguei fora uma balança que tinha no meu quarto , isso pra mim ja é um grande passo pra ficar cada vez melhor . Eu sei que um dia vou chegar no meu peso ideal e vou me ver como eu realmente sou.
E pra quem tem a ana fica um conselho , admitem pra voces mesmas a doença que voce tem , procurem ajuda, saem dessa , eu ja perdi uma amiga por causa da ana.

Você sabia?

 ” Bulimia e anorexia  tem levado muitas mulheres à morte. O índice de mortalidade por anorexia nervosa atinge entre 15% e 20% dos casos. “

 

 ” A anorexia envolve fatores psicológicos, sociais e fisiológicos e está ligada a padrões sociais pre estabelecidos, auto aceitação, carência afetiva, manias de perfeccionismo, históricos de bullying.”

 

ana.jpg

“Segundo dados da Dgess, cerca de 6% das mulheres alemãs de 15 a 35 anos sofrem com algum tipo de transtorno relacionado com a alimentação, seja anorexia ou bulimia.”

 

“A maioria dessas mortes ocorre por causa dos sintomas da doença, embora tenha o número de suicídios entre esses pacientes é alto.”

 

 

Depoimento de uma modelo – (19 anos,modelo internacional)

“Em Paris um estilista disse que eu estava uma baleia. Tenho 1,76 m e peso 52 kg. Sozinha, acreditei naquilo e, embora trabalhasse bastante, achava que se engordasse teria acabado minha carreira de modelo. Comecei a fazer tudo que me falavam para emagrecer. Jejum, remédios, pensei até em usar drogas. Tomava laxantes e cheguei a jejuar por dois d
ias seguidos. Aí eu não aguentava e mandava ver: comia o que vinha pela frente. Vinha o arrependimento, a tristeza e o descontrole. Não sabia mais o que era normal. Comecei a perder peso e quando voltei ao Brasil minha família e a Agência se escandalizaram. Resultado de imagem para modelos desfilando
Fiquei louca da vida e continuei utilizando meus métodos. Quando meu namorado me convidava para sair ficava louca:”será que este cara não vê que eu preciso emagrecer?” Acabei desmanchando o namoro. Amigas? Nem pensar! O medo de comer me fazia calcular todos os itens de calorias dos alimentos. Cheguei a comer algodão com água para não sentir fome. Minha pele estava amarelada, as palmas da mão alaranjadas, meu cabelo caia e eu me sentia deprimida. Não pegava trabalho de jeito nenhum e achava que era porque estava gorda! Um dia tive uma sensação terrível, o peito parecia que iria estourar, o coração saia pela boca, sentia-me enformigada, arrepiada e achei que iria morrer. Corri para o Pronto Socorro e lá disseram que não era nada. Mas como, se eu sentia tudo aquilo! Consultei o Dr. Tommaso e fiquei sabendo que tinha “PÂNICO”. Era, como ele disse, um ataque de pânico. Uma sensação tão aterrorizante que me mantinha com muito medo! Aí comecei o tratamento e percebi que estava num estado quase anoréxico. Felizmente, após muita perseverança, voltei à vida normal. Fico a maior parte do tempo fora do Brasil, mas quando venho faço um programa intensivo da parte psicológica. Qualquer ideia do tipo “estou gorda” comunico ao Dr. Tommaso.”

Modelos sofrem com pressão para serem “perfeitas”

 Por serem obrigadas a manterem o peso baixo, muitas modelos acabam passando fome literalmente. Algumas, inclusive, são demitidas por aumentarem o manequim. Pensando nisso, já há campanhas que tentam fazer o movimento contrário, impedir que modelos com baixo peso desfilem. O objetivo seria parar com o estímulo que corpos irreais acabam fazendo em garotas de todo o mundo. 

ana

Depoimento de Dalila -13 de maio de 2011

  Oi gente, sei o quanto é dificil a luta do dia a dia para vencer a bulimia, muitas vezes é desesperador perceber que o tempo passa e ao invés de melhorar você só piora. Quando eu me tornei uma bulimica eu tinha apenas 14 anos e hoje tenho 21 anos e estou tentando me livrar desse problema a base de remédios, pois sozinha não estava sendo possivel. .sofri grandes consequencia que me fizeram parar e refletir , afinal eu não acreditava que poderia parar em uma cama de hospital por conta disso, até ir parar numa…No meu caso isso teve inicio como uma brincadeira, não parei para pensar em nenhum momento que isso poderia sair do meu controle…até chegar onde cheguei.
   Não estou livre desse problema ainda, mas luto para isso e para quem está no inicio desse pesadelo indico que procure ajuda o mais rapido e busque metados mais eficazes e saudavéis para emagrecer com saúde. Aqui fica o meu depoimento!

História do modelo Jeremy Gillitzer

Imagen

 

En Estados Unidos, el modelo Jeremy Gillitzer (38) murió pesando 29 kilos debido a las complicaciones que le causó la anorexia que padecía durante más de 10 años.

Gillitzer se pasó 25 años luchando contra la anorexia y la bulimia, informó ABC.es. El joven era modelo de profesión y el trabajo le iba muy bien, pues tenía el cuerpo bien formado y unos bíceps voluminosos.

Sin embargo, tras una ruptura amorosa que lo sumió en una depresión, el físico de Jeremy cambió. Se obsesionó por su físico y hacía rigurosas rutinas de ejercicio mientras comía una manzana o sándwich al día.

Cabe indicar que Jeremy empezó a sufrir su trastorno alimenticio a partir de los 12 años. Pues se hartó de las burlas de sus amigos y compañeros de clases de su peso excesivo.

Cuando se le detecto que sufría de anorexia, el modelo dijo que no comer lo ayudaba a manejarse mejor con lo que sentía. En un principio, a su familia le gustaba que hiciese esfuerzos por reducir de peso.

Pero empezó a comer cada vez menos y al final sólo probaba bocaditos en la cena. Entonces su peso se redujo más o menos a 25 kilos. El médico le diagnóstico anorexia.

Depoimento de Ingryd, 17 anos

-O que aconteceu comigo a um ano …
 
   Hoje eu vim falar sobre um assunto que me preocupou durante um tempo a anorexia e a Bulimia .Teve um  tempo em que eu queria muito emagrecer ,eu sempre quis e ainda tenho vontade de ter um corpo de menina japonesa e infelizmente minha genética nunca me ajudou ,eu não sou gorda nem magra eu tenho um peso normal .
  Vou contar um pouco o que acontecia comigo .Logo quando fui pensando em emagrecer me veio a ideia de dieta e mais dieta ,nunca funcionava então eu tentei fazer o que achei mais fácil de se obter resultado eu comecei a comer o minimo possível, tinha vezes que eu pulava as refeiçoes e só tomava um cafe e comia bolachas de água e sal .Eu fui percebendo que isso estava me afetando então comecei a fazer artes marciais ,tanto para emagrecer quanto pq sempre amei luta e artes marciais ,só que o fato de não comer direito foi me afetando de fazer os treinos ,por que mesmo quando eu sentia fome ..eu nunca comia .

    Eu resolvi isso sem mas nem menos ,eu comia sem vontade muitas vezes ,eu queria vomitar ou parar por ali,e nem era só por que tinha medo de engordar e sim pq eu não sentia fome e td que eu comia parecia sem gosto ,parecia uma tortura  .Eu tinha muitas dores de cabeça ,dores no corpo,cansaço,depressão e alem de que tinha olheiras .Eu fui melhorar agora praticamente ,mas ainda tenho problemas para comer e ainda tenho um pouco dos sintomas mas sinto que já estou melhor .
   Gente, olha depois disso eu passei a refletir muito sobe e percebi que tudo isso foi por um pensamento tolo de que eu era imperfeita de que eu era feia ,gorda e que ninguém nunca iria me aceitar .Hoje eu tenho a dizer uma coisa ,todos nos somos únicos temos perfeiçoes e imperfeiçoes ,e procurar a perfeição não e um crime ,mas se prejudicar para obter perfeição já e um horror e e besteira .Eu passei hoje a enxergar não só meu defeitos mas sim tbm minhas qualidades eu hoje sinto que sou do jeito que eu quero ser e que se eu quiser mudar eu irei mas de um modo inteligente e que não  me prejudique só me traga benefícios .Então que fique o recado ..não façam a besteira que eu fiz e sejam sempre saudáveis ,e sempre procurem se amar acima de tudo. 

 

VISITE O BLOG DE INGRYD: BELOVED COFFEE

Não desistir

   Tá sendo muito difícil a escolha de não desistir do tratamento, e melhorar ,sinto que preciso da melhora para viver com liberdade sem a culpa de comer e engordar, de comer e passar mal. Sei e tenho a certeza que todos que estão ao meu lado querem a minha melhora e querem o meu bem .Está realmente muito difícil mas escolhi o tentar , o persistir e não quero que a doença me vença , quero vencê-la. Adorei a iniciativa da minha mãe criar esse blog, porque aqui tenho a total liberdade de demonstrar minhas dificuldades, de informar para as mães e meninas que sofrem com a doença. Aqui escrevo o que realmente sinto, penso e o que eu passo durante 1 ano e meio. Acredito na minha cura, acredito em mim, rezo todos os dias para ter força para enfrentar o dia seguinte, tenho fé que vou dar conta !
Ass: Filha da Luciana .

O culto à beleza corporal feminina no século XXI

materia-blog-libertadaanaemia.jpg

 

  De modo geral, o jornalismo feminino do século XXI tem veiculado padrões femininos de beleza e de identidade com vista a idealizar um corpo perfeito. Refletindo sobre isso questionamos: ­o que leva o ser humano a priorizar o corpo em detrimento de tantas outras qualidades que deveriam ser notórias? Um bumbum redondo e durinho vale muito mais do que um bom papo, uma boa educação e um bom caráter?

    Na sociedade atual o corpo perfeito tem sido o “tudo”. O corpo perfeito, belo, tem sido considerado como a “porta de entrada” para uma maior aceitação social e um troféu a ser conquistado com esforço. Por isso, a cada hora na academia esse corpo é um mérito a ser contado às amigas, em festas e mesas de bares, e cada curva conquistada é comemorada.

   Uma crítica feroz a essa apologia aos corpos perfeitos, principalmente no Brasil, pode ser encontrada em uma música de Gabriel o Pensador chamada Nádegas a Declarar. Essa música reflete uma realidade sustentada pela mídia, a qual divulga uma cultura voltada à supervalorização do corpo em detrimento da racionalidade.


Resultado de imagem para mulheres antes e depois do photoshop   Indo ainda mais a fundo, podemos ver que modelos e atrizes estão expostas a esse padrão e são constantemente cobradas, principalmente a emagrecer, para não perderem seus empregos. Essas profissionais fazem de tudo para se encaixar no mercado de trabalho, e suas imagens são vendidas pela mídia como se fossem naturalmente belas, magras, saudáveis e felizes. Além disso, quando são pegas na praia, os paparazzi de plantão as fotografam com suas imperfeições, que são perfeitamente aceitáveis, e as mandam para os veículos de comunicação como se isto fosse um grande absurdo.

   Por isso o padrão de beleza brasileiro divulgado pelos diversos meios de comunicação cada vez mais tenta persuadir opúblico feminino a tomar remédios fortíssimos, fazer dietas loucas, usar inúmeros cremes para evitar a aparência de envelhecimento, a malhar intensamente e outros meios para atingir o corpo perfeito. É a busca pelo padrão de beleza física perfeita.

   Resultado de imagem para mulheres antes e depois do photoshop

    É essa falsa mulher (criada muitas vezes em programas de tratamento de imagens, tais como o Photoshop) que está assombrando o mundo feminino brasileiro. Para serem aceitas socialmente as mulheres podem abrir mão do equilíbrio e da delicadeza em busca de um corpo idealizado, de um corpo construído ideologicamente pela mídia. Tais mulheres cada vez mais se tornam escravas de um modelo social e ao mesmo tempo estão suscetíveis à depressão e a transtornos alimentares.

    Sobre este último aspecto, percebeu-se nas últimas décadas um aumento considerável de casos de anorexia e bulimia no Brasil. Muitas mulheres se expõem a riscos gravíssimos pelo simples fato de que a sociedade espera delas um corpo extremamente esbelto, como se isso dependesse apenas de sua vontade, excluindo fatores como a genética e o funcionamento corporal.

     Em suma, percebemos que em grande parte do jornalismo feminino a construção da beleza feminina dá-se pelo marketing de cosméticos e produtos farmacêuticos. Neste sentido, pode-se observar uma avalanche de anúncios publicitários englobando os mais variados tipos de cosméticos para todas as áreas do copo, inúmeras dietas, dicas de ginástica, etc. Verifica-se também a criação de uma identidade feminina voltada à sexualidade e beleza mais do que a qualquer outra coisa. Soma-se a isso o fomento da ideia de que uma mulher bela e esbelta é aquela que mais tem oportunidades de inserir-se socialmente, de modo especial no mundo do trabalho.
De modo geral, é fundamental entendermos em que medida o jornalismo destinado ao público feminino deve ser tomado como um dos responsáveis pela criação e divulgação de padrões de beleza estabelecidos e impostos dentro dos meios de comunicação brasileiros. Isso pode gerar uma categorização feminina guiada pela visão biológica e social que é decisiva para promover ainda mais a desigualdade de gênero, trazendo em seu bojo uma relação assimétrica sob o escudo de um discurso embasado na valorização da estética física em detrimento da bagagem intelectual.

Carta da Ana (anorexia)

   “Querida Leitora,permita me apresentar. Meu nome, ou como sou chamada, pelos também chamados ‘doutores’ é Anorexia. Anorexia Nervosa é meu nome completo, mas você pode me chamar de Ana. Felizmente nos podemos nos tornar grandes parceiras. No decorrer do tempo, eu vou investir muito tempo em você, e eu espero o mesmo de você.

tumblr_mxz6e6MVq11sprqeoo1_500

    No passado você ouviu seus professores e seus pais falarem sobre você.Diziam que você era tão madura, inteligente, e que você tem tanto potencial. E eu pergunto, aonde tudo isso foi parar? Absolutamente em lugar algum! Você não é perfeita, você não tenta o bastante! Você perde muito tempo pensando e falando com amigos! Logo, esses atos não serão mais permitidos.
   Seus amigos não te entendem. Eles não são verdadeiros. No passado, quando inseguramente você perguntou a eles:- Estou gorda?- E eles te disseram:- Não, claro que não!-você sabia que eles estavam mentindo! Apenas eu digo a verdade! E sem falar nos seus pais! Você sabe que eles te amam e se importam com você, mas uma parte é porque eles são pais, e são obrigados a isso.Eu vou te contar um segredo agora: Bem no fundo, eles estão desapontados com você. A filha deles, que tinha tanto potencial, se transformou em uma gorda, lerda, e sem merecimento de nada!
    Mas eu vou mudar isso.
(mais…)

Tema: Por que não consigo mais emagrecer com a anorexia?

As nutricionistas Vivian Ragasso, do Instituto Cohen de Ortopedia, Reabilitacao e Medicina do Esporte, e Vivian Zollar, da Qualy Food, ambas de São Paulo, são enfáticas em afirmar que a dieta não traz resultados efetivos. Segundo elas, o peso vai embora, mas a restrição pode causar males à saúde e bagunçar o metabolismo. Além disso, como ninguém consegue passar a vida em jejum, a tendência é os quilos perdidos acabarem voltando.

Entenda…

Gordura x músculo

Resultado de imagem para Gordura x músculo

De acordo com Ragasso, a dieta do jejum não traz benefício nenhum. “Não funciona porque você não chega a perder gordura. Você até vai ver alguns quilos a menos na balança, mas isso porque está eliminando água e massa muscular”.

 

Corpo em estado de alerta

Resultado de imagem para corpo em alertaResultado de imagem para sinal de alerta

Em situações de emergência, o corpo trabalha com reservas. Basicamente, existem as células de gordura e as musculares, que são fisicamente ativas e comandam o metabolismo. “O nosso músculo é renovado diariamente, porque comemos proteínas e as gastamos. Se você perde músculo e água, o seu metabolismo fica lento”, explica.

Nessa escassez de recursos, a gordura é a última reserva que o corpo vai buscar. “A gordura fica armazenada de uma forma muito protegida dentro do corpo, e ela só sai quando você parar de comer gordura, não quando parar de comer. Depois de um tempo em jejum, o corpo vai entender que está passando por um estado de privação de energia, então passará a armazenar”.

Quando o corpo não recebe alimento, ele precisa estocar, então, tenta economizar no gasto o mínimo possível de energia. Então a dieta pode ter o efeito contrário!

Os principais problemas associados ao método são a redução do metabolismo, e, a longo prazo, até mesmo o desenvolvimento de problemas renais e das diabetes, devido à explosão da liberação de glicose na volta à alimentação após um longo período de jejum. Alteração de humor, irritabilidade, dores de cabeça e desmaios também são problemas recorrentes.

Saúde é o que interessa!
“Infelizmente, no Brasil a preocupação com o corpo fala mais alto do que a preocupação com a saúde.”

Resultado de imagem para Gordura x músculo

Quando o desejo de ser Ana volta..

anigif
Eu sei como isso é tentador às vezes.

Sei que muitas pessoas que tiveram da anorexia sua amiga, alguma hora sente falta de algo. Sente falta dela. Você começa a repensar como era bom você se sentir mais magra a cada dia. O quão bem você se sentia quando seus ossos apareciam mais e mais… E por uma imagem com uma modelo ou de uma dieta Ana, tudo parece voltar… o desejo de voltar com  tudo! De voltar para ‘Ana’.

 

Eu passei por isso e continuo passando de vez em quando. Mas uma dica:

-Não veja vídeos pro ana

-Não entre em blogs pro ana

-Se tiver alguma foto de uma modelo ou de uma anoréxica que você achou um dia bonita, APAGUE.

-Se tiver foto de dietas das Anas ou ver -mesmo sem querer- na internet, FECHE a janela do computador. FUJA de tudo que te lembre do céu e do inferno que passou com a Anorexia.

Porque, independentemente de como você saiu dessa Labirinto, a liberdade você conseguiu. Não se deixe aprisionar mais uma vez… lute comigo!

borboletas.jpg

Pressão para ser “Perfeita”

Gabrielly Silva

Oii gente, hoje eu vim aqui com um tema diferente, eu estava pensando sobre o assunto e pensei vou fazer um post rsrsrs, é tipo um desabafo kkk, sei que é um assunto que as pessoas falam toda hora, mas espero que vocês gostem….

ppsp

Nós sabemos como tem essa pressão enorme em nós, as garotas, para sermos magras, usar maquiagem, sempre estar com roupa assim ou assado, namorar e muitas outras coisas. Essa pressão leva várias garotas a se cortar, ficarem com bulimia, anorexia, depressão e ect.

Eu não sou magra e estou longe de ser, e mesmo que as pessoas não falem diretamente, falam indiretamente sobre eu não ser magra. Eu não ligava de ser gorda, eu estava bem comigo mesma, até pessoas começarem a falar sobre isso, algumas pessoas fizeram bullying comigo, falavam que eu era gorda, burra, chata, quando as pessoas falam isso de primeira você fica…

Ver o post original 240 mais palavras

Teste de Qualidades x Defeitos

Resultado de imagem para teste de defeitos e qualidades
1-Foque primeiro nas suas qualidades (colocadas do lado de fora do círculo), contando cada uma de acordo com o seu lado correspondente.
2-Agora foque nos defeitos, contando cada um de acordo com o lado seu lado correspondente.
3-Agora conte as qualidades e os defeitos e veja em qual “personalidade” você se encaixa: MELANCÓLICO, FLEUMÁTICO, SANGUÍNEO e COLÉRICO.
OBS.: Abaixo de cada personalidade há profissões que se encaixa em cada personalidade.

QUAL É A SUA?

Esse teste me fez sorrir.. Sabe por que? Ele me mostrou que tenho mais qualidades do que defeitos. Talvez você tenha mais defeitos que qualidades, mas pode haver que suas qualidades sempre venha superar seus defeitos!

E, além de tudo, os defeitos não são de todo mal.. Você pode se esforçar para que você venha ter a personalidade que deseja, transformando os defeitos que mais te atrapalha em qualidades que você admira!

Boa Sorte,

Gabriele Meireles -criadora do blog Liberta da Ana e Mia

Significado das doenças

OBSERVAÇÃO:  HÁ CASOS E CASOS! ISSO NÃO SIGNIFICA QUE, POR EXEMPLO, SE VOCÊ TIVER MÁGOA DE ALGUÉM VOCÊ VAI TER CÂNCER ! MAS SEGUNDOS PESQUISAS, MUITAS DOENÇAS SÃO GERADAS POR NOSSAS EMOÇÕES.
Segundo a psicóloga americana Louise L. Hay, afirma ela que somos 100% responsáveis por tudo de ruim que acontece no nosso organismo.

“Todas as doenças tem origem num estado de não-perdão.Sempre que estamos doentes, necessitamos descobrir a quem precisamos perdoar.

Quando estamos empacados num certo ponto, significa que precisamos perdoar mais. Pesar, tristeza, raiva e vingança são sentimentos que vieram de um espaço onde não houve perdão.

Perdoar dissolve o ressentimento.”

 

A seguir, você vai conhecer uma relação de algumas doenças e suas prováveis causas, elaboradas pela psicóloga Louise L. Hay

 

•DOENÇAS / CAUSAS:

AMIGDALITE: Emoções reprimidas, criatividade sufocada.ANOREXIA: Ódio ao externo de si mesmo.

APENDICITE: Medo da vida. Bloqueio do fluxo do que é bom.

ARTERIOSCLEROSE: Resistência. Recusa em ver o bem.

ARTRITE: Crítica conservada por longo tempo.

 

(mais…)

VOCÊ SE LEMBRA?

mensagens_felizes.jpg

Vamos, diga a verdade…
Você se lembra quando sorriu com sinceridade?
Se você se lembra, parabéns! Você faz parte do meu grupo de porcentagem que não tem que lidar com um problema todos os dias -ou é guerreiro o suficiente para sorrir em meio a lutas-.
Se você NÃO se lembra… Se esforce mais um pouco. Faça um esforço para que seu cérebro relembre o momento -ou momentos- que você foi realmente feliz. Quando seu sorriso era espontâneo e seu “estou bem” era sincero.
Por que as pessoas mentem tanto na resposta de “Oi, tudo bem?”
Será porque estão todos escorregando para um abismo de tristeza e se negam a gritar pedindo socorro? Ou porque estão se fechando tanto que a resposta “tudo bem” é automática? Muitas teorias rodam na minha mente o POR QUÊ de mesmo chorando, mesmo passando por problemas, mesmo com dores de cabeça ou qualquer outra dor o seu “tudo bem” é automático.
Me vi fazendo isso várias vezes até que parei para pensar. Eu nunca respondi sinceramente o “tudo bem?” das pessoas. Eu nem sequer pensava na resposta e ela já saía da minha boca. Se você é assim, PARE COM ISSO.
PENSE antes de RESPONDER.
Algumas pessoas realmente não devem saber da nossa vida particular, mas pro seu melhor amigo… pra sua mãe.. seu pai.. ou seja lá quem é digno da sua confiança e afeto: FALE A VERDADE. Como fazer isso? PRATIQUE. E depois me mande um e-mail dizendo como está se saindo! Eu não escrevo tanto à toa… rsrs